Em parceria com universidades estrangeiras, alunos da Poli (USP) projetam carro elétrico reconfigurável

Ideia é facilitar o uso compartilhado. Veículo pode ser adaptado para três ou até cinco ocupantes.

Alunos da Escola Politécnica (Poli) da USP e de outras quatro universidades estrangeiras desenvolveram um veículo reconfigurável e de uso compartilhado para a cidade de São Paulo (SP). O projeto Opal é um modelo hatch, de duas portas, que amplia a capacidade de passageiros, de três para cinco assentos (e, portanto, as dimensões do veículo), quando o usuário desejar – a expansão da carenagem é feita por meio de atuadores eletrônicos. A condição de veículo reconfigurável facilita o uso compartilhado, pois possibilita atender pessoas de diferentes demandas de mobilidade.

“A reconfiguração, ainda uma novidade, consiste em adequar o veículo para mais de uma aplicação, como, por exemplo, transformando o veículo de passageiros em veículo de carga. Esse é um modo de atender demandas específicas e variadas, usando a mesma frota”, explica o professor Marcelo Alves, do Centro de Engenharia Automotiva da Poli.

O uso compartilhado, por sua vez, já existe em vários mercados. Em São Paulo, a prática vem sendo disseminada pelas bicicletas de cor laranja do projeto Bike Sampa, que facilitam o deslocamento na cidade (o usuário retira a bicicleta em um ponto de distribuição e pode devolver em outro).

66211

O Opal foi desenvolvido considerando os resultados de pesquisa de mercado realizada na capital paulista. Os alunos foram a campo e ouviram 500 pessoas, entre os meses de outubro e novembro de 2014.

“Desse total, 77,1% responderam que usam o carro sozinho ou com mais uma pessoa, 62,3% vão de carro para o trabalho, e 76% mudam suas necessidades de uso do carro no decorrer da semana”, destaca Erich Sato, aluno do 4º ano do curso de Engenharia de Mecatrônica da Poli e líder da equipe responsável pelo projeto. “A condição de veículo reconfigurável foi bem aceita pelos jovens”, completa. A maioria dos respondentes tem entre 19 e 29 anos, público-alvo do projeto Opal.

Os alunos também elaboraram um modelo de negócios para tornar viável a implantação do Opal. O serviço de uso compartilhado poderá ser utilizado pela pessoa física e também para complementar a frota de empresas. Outra novidade é que o consumidor poderá adquirir o Opal, com a condição de disponibilizar o carro, em determinados momentos, para o serviço de uso compartilhado, em formato semelhante ao de franquias.

Competição mundial

O projeto Opal está participando da competição Global Vehicle Development Project, promovida entre as universidades integrantes do PACE – Partners for the Advancement of Collaborative Engineering Education, programa liderado pela General Motors mundial para a educação de engenharia. O projeto foi apresentado no Fórum PACE, que, pela primeira vez, é realizado no Brasil, entre os dias 26 e 30 de julho, nas instalações da Poli.

portal20150729_2

A equipe que desenvolveu o Opal é formada por alunos da Poli e de mais quatro universidades estrangeiras: Hochschule RheinMain University of Applied Sciences (Alemanha), Howard University (Estados Unidos), New Mexico State University (Estados Unidos) e University of Ontario Institute of Technology (Canadá). A partir do lançamento do desafio, no segundo semestre de 2014, os alunos reuniram-se a distância, principalmente via Skype, para definir tarefas e acompanhar o andamento do projeto. Agora, em julho, encontraram-se pessoalmente, para a apresentação do Opal no Fórum do PACE.

O Brasil é o único país da América do Sul que participa do PACE – a Poli ingressou em 2005 como a primeira escola brasileira selecionada pelo Programa. As universidades são equipadas com software e laboratórios, oferecidos pelas empresas participantes no PACE. A Poli possui quatro laboratórios equipados pelo Programa, com mais de 100 estações de trabalho e software para Computer Aided Design (CAD), Computer Aided Manufacturing (CAM) e Computer Aided Engineering (CAE), aplicados para conceber, projetar e fabricar veículos.

*Com informações da Assessoria de Imprensa da Poli (USP)
*Foto de capa: Avenida 23 de Maio vista do Viaduto do Chá / 23 de Maio avenue saw from “Viaduto do Chá” viaduct; Deni Williams; Flickr; CC.

  • Instagram @braznu

    Use a hashtag #braznu no instagram e compartilhe conosco os lugares, as experiências e iniciativas, que valem a pena ser compartilhadas. Participe!

    • "Stop here, appreciate life for a minute and smile" @oraculoproject 👊🏼
Foto: @juliomfilho via #braznu / #oraculoproject
    • O novo e o antigo 😍
@dimas.gomeslima via #braznu - Recife, PE
    • @rafaelbrasilmusico confeccionando 2 incríveis 'balde-boxes' de iluminação pras nossas produções 😍
    • Minhocão 🌈
@belahornos via #braznu - São Paulo, SP
    • @magali_maschi via #braznu ❤️ Pelourinho - Salvador, BA
    • @rosanamoutinhoferreira via #braznu 💚
  • Talks

  • Peça sua música / Com Rafael Brasil

    Quadro com o músico gaúcho Rafael Brasil, que valoriza grandes nomes da Música Popular Brasileira. Toda semana, um novo pedido dos nossos seguidores.

  • ir para o topo da página

    ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    Receba novidades sobre nossos conteúdos, atividades e promoções.